Lista por Autor


Ir para: 0-9 A B C D E F G H I J K L M N O P Q R S T U V W X Y Z

ou entre com as primeiras letras:  
Resultados 43-62 de 164 < Anterior   Próximo >

Martins, Humberto Eustáquio Soares (2005)
Comenta as conquistas políticas realizadas pela América do Sul, iniciadas com a eleição do coronel Hugo Chavez para a presidência da Venezuela, seguindo-se pela ascensão de Lula à Presidência da República do Brasil, no sentido de se libertarem do controle de Washington. Analisa pontos marcantes, políticos e econômicos dessa conquista e conclui que a América do Sul deu um grande avanço no seu grito de liberdade e de independência política.

Martins, Humberto Eustáquio Soares (2005)
Analisa a Justiça, como uma virtude ética, força moral intelectual, que exsurge da necessidade de vinculação do homem a uma ordem social e humana, aflorando da consciência própria dos indivíduos, da idéia de justeza, que está atrelada ao pensamento de que, o ordenamento existencial de um grupo social é indispensável à satisfação dos seus impulsos vitais e garantidos os seus direitos fundamentais. Explica que a Justiça coincide com a consciência jurídica pura de uma comunidade, e estabelece uma inter-relação com o conceito dos Direitos Humanos. Traduz a postura do Magistrado que deve almejar, no exercício de seu múnus público, distribuir aos cidadãos que se socorrerem do poder judiciário, a efetiva prestação da Tutela Jurisdicional. Conclui afirmando a função precípua e primordial do Estado-Juiz, uma Justiça, independente, equânime, célere, imparcial, evidentemente arrimada em um Ordenamento Jurídico atento aos anseios sociais.

Martins, Humberto Eustáquio Soares (2005)
Trata da preocupação do governo, e dos numerosos e graves problemas, que consista a pirataria – fabricação ilegal de produtos, sem pagamento de tributos e de direitos autorais de qualquer espécie. Analisa a dimensão atual como também a crescente gravidade, e os desdobramentos e a profundidade da pirataria em variados setores da vida nacional e internacional; os problemas que o Brasil enfrenta no plano internacional; e sua inclusão, pelo Estados Unidos, em uma lista de “acompanhamento de ações anti-pirataria”. Cita outras nações incluídas na lista, e conclui alertando que a pirataria crescente além de causar enormes prejuízos à economia, reduz drasticamente a oportunidade de novos empregos, uma vez que trata-se de um comércio informal.

Martins, Humberto Eustáquio Soares (2005)
Esclarece a população sobre o referendo de 23 de outubro, um instrumento muito freqüente nas nações desenvolvidas, que é o de consultar a população sobre decisões importantes no país, oportunidade em que os brasileiros terão de aprovar ou não a comercialização de armas-de-fogo. Discute e explica sobre se proibir a comercialização e o uso de armas-de-fogo no sentido de reduzir as mortes violentas e a criminalidade que acontecem em tão grande escala. Conclui chamando a atenção da sociedade para o ato de cidadania, e na importância da presença maciça nas urnas, com o intuito de se alcançar os objetivos colimados.


Martins, Humberto Eustáquio Soares (2005)
Comenta os debates em torno das reformas da previdência e tributária, que estão sendo propostas pelo executivo ao congresso. Explica, em relação à previdência, o apoio e a participação dos Governantes de Estado, e a sugestão de um conjunto de alterações legais, cujos itens principais são que os servidores tenham o mesmo teto de aposentadoria dos trabalhadores da iniciativa privada; em relação à tributária, esclarece que o executivo pretende a unificação da legislação do ICMS, e a regulamentação, por lei complementar da matéria. Conclui que as reformas da previdência e tributária, terão que ser fruto de um pacto social e não o resultado de eventuais maiorias do governo no congresso.


Martins, Humberto Eustáquio Soares (2006)
Enumera a delinqüência, a prostituição, o tráfico de drogas e demais formas de violência e insegurança como conseqüência das dificuldades de trabalho legalizado, em face do crescimento insuficiente da economia. Explica que nas cidades ocorrem com a mesma freqüência da invasão de propriedades na área rural e no interior, além das dificuldades de emprego, existe o problema da distribuição de terras, fruto da concentração fundiária que acontece no Brasil desde os primórdios do País como nação independente. Cita as três vertentes básicas através das quais será possível devolver à sociedade brasileira a segurança de que ela necessita para consolidar seus avanços institucionais e econômicos.

Martins, Humberto Eustáquio Soares (2005)
Comenta a hesitação do governo passado em adotar um rumo para a política energética nacional, ocasionando uma situação que prejudica radicalmente o consumidor, atingido por sucessivos aumentos de tarifas. Cita a dependência do aumento do consumo energético interno; a melhoria no abastecimento, gerado pela chuvas e a geração hidrelétrica e a não realização de obras essenciais, na última década, no setor elétrico, principalmente no que se refere à linhas de transmissão. Sugere soluções a médio prazo, para aumentar os índices de segurança do abastecimento energético, e a longo prazo, outras fontes de energia.

Martins, Humberto Eustáquio Soares (2005)
Trata dos diversos tipos de combustíveis no Brasil, da ilusão dos preços baratos, e da influência da Petrobrás sobre a gasolina, o gás e o diesel. Comenta sobre o álcool misturado à gasolina, e sua expressiva e atual participação no mercado; sobre o diesel que é mais consumido pelo transporte pesado – ônibus e caminhões; e a produção do bio diesel, de origem vegetal, que dará nova dimensão técnica, econômica e ambiental ao diesel. Conclui afirmando que o GNV é melhor ecologicamente e os problemas decorrentes da insuficiência de pontos de abastecimento e perda de potência dos veículos estão sendo corrigidos.

Martins, Humberto Eustáquio Soares (2005)
Comenta sobre o dever do governo e da sociedade de qualquer nação, rica ou pobre, desenvolvida ou não, assistir prioritariamente aos seus velhos, crianças e deficientes físicos, principalmente se eles integram famílias que não dispõem de recursos para assegurar-lhes uma vida segura e confortável. Denuncia o descaso do governo com as crianças – um número excessivo abaixo da linha de pobreza, com os idosos – com aposentadorias mais baixas do mundo, e principalmente com os deficientes – prejudicados pela falta de transporte coletivo adequado às suas necessidades. Cita estatísticas e informações. Alerta para a urgência em tornar menos desconfortável a vida dos deficientes físicos e dos idosos, o que depende apenas da decisão dos governos federal, estaduais e de administrações municipais.

Martins, Humberto Eustáquio Soares (2005)
Trata da história da Argentina, que embora repleta de problemas, mostra um desempenho econômico bem superior aos demais, proporcionando a sua população índices de educação, saúde e bem estar social consideravelmente superior aos seus vizinhos. Traça um breve perfil político e econômico/financeiro, e o que ela representa para a América Latina. Afirma que a América Latina, ficará mais forte com o surgimento econômico da Argentina e que ela e Brasil são países irmãos e como tais, devem trilhar os caminhos do desenvolvimento e da justiça social, metas fundamentais para o equilíbrio institucional do continente sul-americano.

Martins, Humberto Eustáquio Soares (2006)
Trata da sua ida para o Superior Tribunal de Justiça, STJ. Traça em breves palavras sua trajetória, lembrando cada passo e órgão que trabalhou. Comenta envaidecido ser o primeiro componente alagoano a ascender ao STJ, e o sentimento do aumento de responsabilidade com a coletividade, em particular com os alagoanos e nordestinos; os visíveis progressos alcançados nas últimas duas décadas em que prevaleceu a autonomia do Poder Judiciário, e a luta incessante, uma batalha que tem de ser travada em todos os momentos, uma construção que requer confiança e perseverança. Agradece, imbuído do mais alto propósito, aos alagoanos, afirmando esquecer Alagoas jamais, e amá-la sempre.

Martins, Humberto Eustáquio Soares (2006)
Comenta a performance desempenhada pela Federação Internacional de Futebol (FIFA) e pela Alemanha na realização da Copa do Mundo de 2006, que reuniu 32 nações. Tece considerações sobre o palco principal da Copa do Mundo, o Estádio Olímpico de Berlim, capital da Alemanha onde há 70 anos um ditador e sua corte de celerados exerceram, por ocasião das Olimpíadas de 1936, um ato de racismo. Aponta a Copa do Mundo de 2006, que provocou o entusiasmo de tantos milhões de indivíduos, em tantas nações, como uma oportunidade para reflexões.

Martins, Humberto Eustáquio Soares (2005)
Trata da importância do voto, do trabalho desenvolvido principalmente nas escolas, que contribui para que no futuro seja possível às gerações que se sucedem, votar com conhecimento e convicção, escolhendo para os cargos no Executivo e nas casas de representação popular pessoas responsáveis, preparadas e vocacionadas para servir a coletividade. Cita estatísticas divulgadas pelo Tribunal Superior Eleitoral, TSE, comprovando a importância do voto dos jovens; a situação eleitoral de Alagoas; e, os programas do TRE/AL, através da Escola Judiciária Eleitoral, integrados por crianças e adolescentes entre 10 a 15 anos, eleitor do futuro e eleitor jovem.

Martins, Humberto Eustáquio Soares (2005)
Trata do percurso trilhado pela Ordem dos Advogados do Brasil, seccional de Alagoas, em indicar um representante ao Desembargo Estadual, assegurado pela Lex Fundamentalis, que garante ao Ministério Público e à classe dos Advogados, o chamado Quinto Constitucional. Cita o Desembargador José Fernando Lima Souza, que realizou e continua efetuando brilhante trabalho junto à presidência do Tribunal de Justiça. Finaliza, enfatizando o embate soerguido pela classe dos advogados, que teve como escopo garantir a aplicação do Digesto Maior, engendrando harmonizar as classes da Magistratura, do Ministério Público e dos Advogados.

Martins, Humberto Eustáquio Soares (2005)
Afirma que pessoas remexendo em depósitos de lixo ou catando objetos e materiais jogados fora pelos que deles não mais necessitam eram uma raridade há três décadas atrás. Cita que em alguns aspectos, o Brasil tem assinalado recordes no que se refere à reciclagem. De cada 100 latas produzidas para indústrias de cervejas e refrigerantes, 99 são reaproveitadas. Descreve que a atividade dos catadores é tão intensa que começa a diminuir o volume de lixo transportado pelas prefeituras e, conseqüentemente, as despesas com essa rubrica. E por fim conclui que o tamanho da reciclagem significa a nossa criatividade para enfrentar e solucionar problemas, com reflexos econômicos e sociais.

Martins, Humberto Eustáquio Soares (2005)
Afirma que os brasileiros não serão atingidos nos próximos anos por um novo racionamento de eletricidade, mesmo com pouca chuva. Cita as usinas térmicas emergenciais como solução para uma possível necessidade mas explica que se necessário à utilização dessas usinas o preço será mais caro para o consumidor. Comenta ainda que a baixa ocorrência de chuvas agravou a situação das hidrelétricas e o Governo Federal está tentando recuperar o tempo perdido. Encerra enfatizando que o aproveitamento do potencial da energia elétrica é dever e preocupação da União.

Martins, Humberto Eustáquio Soares (2005)
Trata da peregrinação do Papa João Paulo II, após 27 anos de pontificado que passa à história como moderno, e inovador ao percorrer mais de 100 mil quilômetros visitando os mais distantes rincões, estendendo a mão aos cristãos de outras correntes, e até aos não crentes. Comenta a sua influência na política internacional; seu método de trabalho, e sua política conservadora com relação à orientação da Igreja Católica. Narra trechos da jornada terrena de Karol Wojityla (Papa João Paulo II), e o quanto o mundo chora sua morte e exalta seu desempenho magnífico.

Martins, Humberto Eustáquio Soares (2005)
Compara as estatísticas da economia brasileira com as de outros países, comentando que essa comparação vem sendo feita, com alguma freqüência, pelos veículos de comunicação, como televisões, jornais e revistas, o que é bom, ao passar para a opinião pública a verdadeira realidade dos fatos, reduzindo o que é falso à sua dimensão. Adverte que para o Brasil ser um país próspero é preciso desenvolvimento e oportunidade de trabalho.

Resultados 43-62 de 164 < Anterior   Próximo >