TítuloSoberania e ecologia
Autor(es)Martins, Francisco Peçanha
Data de publicação2006
ResumoDiscorre sobre a floresta amazônica e a necessidade dela ser mantida intacta. Comenta a reunião do G-7, instado a ceder direitos aos países ricos para explorarem economicamente a hiléia amazônica e continuaram na proposição de amortização de parte da nossa dívida externa em troca de projetos ecológicos. Propõe a tese da internacionalização, financiadas por ONGs. Relata a defesa desta tese por estrangeiros e ecologistas brasileiros, no propósito de salvar o patrimônio da humanidade. Comenta que o Brasil está preservando o meio ambiente, promovendo o desenvolvimento ecológico sustentável a serviço da humanidade, mantida a sua soberania sobre todo o território, inclusive a parte que lhe cabe da Amazônia. Por fim, declara que o Brasil prosseguirá defendendo os princípios da liberdade, igualdade e fraternidade, mas como Nação soberana que é.
NotasACESSO RESTRITO: em respeito à Lei de Direitos Autorais, trata-se de documento de uso interno do STJ.
AssuntosEcologia
Soberania
Floresta Amazônica
Meio ambiente
Recursos naturais, exploração
Proteção ambiental
Direito ambiental
FonteMARTINS, Francisco Peçanha. Soberania e ecologia, Justiça & Cidadania, Rio de Janeiro, n. 72, p. 16-18, jul. 2006.
TipoArtigo de revista
Ao citar o item, usehttp://bdjur.stj.jus.br/dspace/handle/2011/17328
Arquivo TamanhoFormato 
Soberanie_Ecologia.pdf35.03 kBPDFVisualizar