TítuloProcesso eletrônico : o que os olhos não veem o coração não sente
Autor(es)Andrighi, Fátima Nancy
Data de publicação2010
ResumoAborda a necessidade de se adotar novos meios de humanizar a identificação dos autos de um processo eletrônico conforme o seu grau de prioridade, permitindo ao juiz priorizar o julgamento dos processos de acordo com o grau de sofrimento do jurisdicionado, a fim de que seja prestada uma justiça célere e efetiva.
NotasTexto de autoria de Ministro do Superior Tribunal de Justiça.
AssuntosProcesso eletrônico, Brasil
Acesso à justiça, Brasil
FonteANDRIGHI, Fatima Nancy. Processo eletrônico: o que os olhos não veem o coração não sente. Correio Braziliense, Brasília, 1 nov. 2010. Direito & Justiça, p. 1. Disponível em: <http://bdjur.stj.jus.br/dspace/handle/2011/34156>. Acesso em: 23 nov. 2011.
TipoArtigo
Ao citar o item, usehttp://bdjur.stj.jus.br/dspace/handle/2011/34156
Arquivo TamanhoFormato 
Processo_eletronico_olhos.pdf295.18 kBPDFVisualizar