Registro completo de metadados
Campo DCValorIdioma
dc.contributor.authorAndrighi, Fátima Nancy-
dc.date.issued2005-
dc.identifier.citationKRUEGER, Guilherme (Coord.). Cooperativismo e o novo Código Civil. Belo Horizonte: Melhoramentos, 2005. p. 51-59.en
dc.identifier.urihttp://bdjur.stj.jus.br/dspace/handle/2011/607-
dc.description- Texto de autoria de Ministra do Superior Tribunal de Justiça.-
dc.description.abstractAnalisa o aspecto da autonomia do Direito Cooperativo. Comenta o surgimento das cooperativas. Enfatiza as normas e princípios constitucionais que dão sustentação ao cooperativismo. Aborda o conceito, as características e as finalidades das cooperativas bem como sua posição no campo jurídico. Ao enfatizar que a autonomia do Direito Cooperativo tem como base de sustentação a natureza peculiar das sociedades cooperativas em relação às demais instituições, identifica os princípios e características que faz com que aquelas entidades sejam organizações autônomas.en
dc.format.extent66010 bytes-
dc.format.mimetypeapplication/pdf-
dc.language.isopt_BR-
dc.publisherMelhoramentosen
dc.subjectBrasil. [Código civil (2002)]en
dc.subjectBrasil. [Constituição (1988)]en
dc.subjectCooperativismo, aspectos jurídicosen
dc.subjectCooperativa, regime jurídicoen
dc.subject.otherBrasil. [Lei n. 10.406, de 10 de janeiro de 2002]-
dc.titleA autonomia do Direito Cooperativoen
dc.typeCapítulo de livroen
Arquivo TamanhoFormato 
autonomia_direito_cooperativo_andrighi.pdf351.65 kBPDFVisualizar