TítuloGlobalização
Autor(es)Martins, Humberto Eustáquio Soares
Data de publicação2006
ResumoNarra a trajetória do ditador português Oliveira Salazar, que no século passado, se fechou entre fronteiras, não comprando nem vendendo nada a ninguém, e de como ele manteve Portugal fora da Segunda Guerra Mundial, e seu império colonial. Comenta as inúmeras críticas à política de Salazar, que coincidiu com a grande tragédia bélica que matou 50 milhões de pessoas – a Segunda Guerra Mundial – e que, governando uma nação de poder militar limitado, conseguiu manter-se à salvo dos grandes blocos mundiais liderados pela Alemanha, Inglaterra, Estados Unidos e União Soviética. Conclui que no mundo globalizado dos nossos dias, Salazar não poderia ter estancado a hemorragia financeira do seu país, e que mesmo num Estado territorialmente pequeno, como é o caso de Alagoas, o relacionamento comercial com o exterior é muito expressivo. Faz alguns comentários a respeito da economia de Alagoas e finaliza dizendo que ampliar e aperfeiçoar nossas infraestruturas, proporcionar crédito aos empresários e treinar a mão de obra são os caminhos aconselháveis para prosseguir nesse roteiro de progresso.
AssuntosGlobalização da economia
Comércio exterior, Europa, Estados Unidos, União Soviética
Alagoas, Brasil
Salazar, Oliveira, ditador português
FonteMARTINS, Humberto Eustáquio Soares. Globalização. BDJur, Brasília, DF. Disponível em: <http://bdjur.stj.jus.br//dspace/handle/2011/8903>. Acesso em: 28 nov. 2011.
TipoOutros
Ao citar o item, usehttp://bdjur.stj.jus.br/dspace/handle/2011/8903
Arquivo TamanhoFormato 
Globalização.pdf24.81 kBPDFVisualizar