TítuloA arte e o obsceno
Autor(es)Luna, Everardo da Cunha
Data de publicação12-1990
ResumoApresenta reflexão sobre o conflito entre a arte e os bons costumes, versando sobre o pudor e a obscenidade. Discorre sobre o caráter da obscenidade em produtos culturais como obras literárias, artísticas ou científicas e como deve ser a postura da Justiça em casos concretos de obras obscenas que possam ser ofensa ao pudor. Argumenta sobre a censura de tais obras e, por fim, trata da descriminalização de alguns tipos de obras inequivocadamente obscenas, citanto o caso de obras de cunho pornográfico.
NotasTrabalho apresentado no VI Congresso Brasileiro de Teoria e Crítica Literárias e II Seminário Internacional de Literatura (19 a 25 de setembro de 1982), Campina Grande - Paraíba
AssuntosArte
Usos e costumes
Obra literária
Obra de arte
Obscenidade
Obscenidade (direito), descriminalização
Censura
FonteLUNA, Everardo da Cunha. A arte e o obsceno. Justitia, São Paulo, v. 52, n. 152, p. 61-65, out./dez. 1990. Disponível em: <http://bdjur.stj.jus.br//dspace/handle/2011/24087>. Acesso em: 27 jul. 2009.
TipoArtigo
Ao citar o item, usehttp://bdjur.stj.jus.br/dspace/handle/2011/24087
Arquivo TamanhoFormato 
arte_obsceno.pdf621.6 kBPDFVisualizar
Aparece nas coleções: