TítuloO litisconsórcio facultativo ativo ulterior e os princípios do juiz natural e do devido processo
Autor(es)Carneiro, Athos Gusmão
Data de publicação1999
2000
ResumoComenta a respeito da legalidade do ingresso de litisconsorte facultativo ativo nos autos de ação cautelar, após ter sido concedida medida liminar e haverem sido citados dois dos co-requeridos.
NotasTexto de autoria de Ministro do Superior Tribunal de Justiça.
AssuntosLitisconsorte
Litisconsórcio
Devido processo legal
Princípio do juiz natural
Medida liminar
Preclusão
EditoraSíntese
Revista dos Tribunais
FonteRevista Síntese de Direito Civil e Processual Civil, Porto Alegre, n. 1, p. 17-29, set./out. 1999.
Revista dos Tribunais: RT, São Paulo, v. 89, n. 776, p. 109-120, jun. 2000.
TipoArtigo de revista
Ao citar o item, usehttp://bdjur.stj.jus.br/dspace/handle/2011/33429